João Francisco Neves


Musico, cantor e compositor. De formação musical autodidata, ainda assim, é um arranjador pratico de muito talento. Nasceu no triângulo de divisas dos estados de Minas, Rio e Espírito Santo. Como tantos outros músicos que começaram suas carreiras no interior, também teve superar muitos obstáculos no inicio.

Aprendeu a tocar violão ouvindo um cego violeiro de três acordes, perto da fazenda de seu avô. Além disso, foi principalmente ouvindo os discos levados pelo seu pai quando ia à cidade.

Aos 18 anos, começou a participar festivais da região da zona da mata mineira, pois, chegou a ganhar vários nesse inicio de carreira. No embalo do sucesso dos festivais, fundou o grupo Trem Elétrico Tá quem Guenta, (Frevo mineiro, uai) num dos melhores carnavais de rua do interior mineiro nos anos 80, com o qual gravou seu primeiro disco. De 1990 a 1994, fez o circuito Rio-Minas com a Banda Geraes no show e disco “Geraes Canta Minas” disco e show elogiado pela crítica e público.

Em 1997, lançou o CD “Estórias de Mato e Cidade”, somente com composições próprias.
Em setembro de 1998, junto com Amarildo Silva e outros músicos mineiros residentes no Rio de Janeiro, criou o projeto Cambada Mineira.

Em 1999, com o projeto já transformado em grupo, gravou o CD “Cambada Mineira”, com composições próprias e releituras de clássicos da musica mineira.

Em janeiro de 2000, em parceria com a Prefeitura de Carangola MG, a jornalista e produtora cultural Raquel Villela, lançou o CD “Canta Carangola”. Com a participação de crianças de primeira à quarta série da zona rural do interior mineiro.

Discografia:

Em 2001, gravou o CD “CAMBADA MINEIRA 2”.

Em 2002, gravou o CD “CAMBADA MINEIRA AO VIVO” que concorreu ao prêmio CARAS de musica.

Em 2004, gravou o CD “PERFIL” com os melhores momentos do CAMBADA MINEIRA.

Em 2006, gravou o CD “MEU RECADO” com o Grupo CAMBADA MINEIRA pela gravadora ROB DIGITAL.
Esse trabalho teve a participações de grandes nomes da MPB como: Wagner Tiso, Toninho Horta, Zé Renato, Vitor Biglione, Marcio Montarroios, Simone Guimarães, Nikolás Krassik, Robertinho Silva entre outros.
O trabalho foi muito bem recebido pela crítica, recebeu elogios de vários jornais e revistas de todo o Brasil.
E ainda, foi escolhido pela Radio CBN como um dos melhores CDs do ano de 2006.

Em 2007, lançou o CD do Trem Elétrico TÁ QUEM GUENTA com o melhor dos 16 anos da história do lendário carnaval do interior mineiro.

Em 2011, lançou o CD “SERESTA MODERNA – A HISTÓRIA DA MPB”. Ainda nesse ano de 2011, com uma nova formação do grupo, fez vários shows na capital do Rio de Janeiro e outras cidades do interior do estado.

Em seguida, excursionou pelo país fazendo shows para divulgar o CD em cidades como: Belo Horizonte, cidades do interior de Minas, São Paulo e Maringá estado do Paraná. Ainda no Paraná, na cidade de Foz do Iguaçu, se apresentou juntamente o grupo na Universidade de Foz de Iguaçu para uma plateia de aproximadamente de 3.000 alunos latinos.

Em 2012, lançou com o grupo CAMBADA MINEIRA o CD e DVD URBANA FANZINE.

Em 2015, lançou o CD mpbDeus – A PALAVRA DE DEUS CANTADA.

Em 2017, lançou o CD mpbDeus – DEUS ENTRE NÓS